É Outono Em Melbourne…

Infelizmente, ainda não consegui voltar ao pique normal da minha vida e manter meu blog atualizado. Ando num aperto de tempo, que só vendo! Mas consegui parar hoje para falar rapidinho sobre as últimas de Melbourne! Estamos entrando num tempo delicioso por aqui, quando a temperatura começa a cair, as botas e casacos maravilhosos começam a desfilar pelas ruas, os cafés começam a encher absurdamente e as folhas amareladas começam a cair das árvores, deixando as ruas cobertas por um tom marrom-amarelado-dourado inexplicável…

A temporada de FOOTY já começou, deixando a cidade mais alegre, com cara mais esportista. Como eles são apaixonados pelo esporte, todo mundo tira suas roupas e acessórios dos times preferidos dos armários e principalmente, os famosos cachecóis de lã, marca registrada da temporada. Todo mundo tem um… E eles desfilam suas cores pela cidade! Em dias de jogo, é imperdível sentar num café, bar ou restaurante próximos aos estádios e ficar observando aquela multidão apaixonada e colorida dirigindo-se  PACIFICAMENTE aos locais de jogos.

Nesta estação, lentamente diminuem os eventos externos e pipocam Exposições de Arte, Shows, Mostras de Teatro, Cinema, Festivais; restaurantes, bares e cafés começam a encher suas calçadas de mesinhas rodeadas por aquecedores, que garantem uma boa dose de ar quente e doses cavalares de charme europeu!

Uma das coisas mais interessantes que encontrei por aqui, e faço questão de adquirir em todas as estações, é uma brochura distribuída gratuitamente em cada estação do ano, sugerindo os melhores passeios, os melhores lugares para comer, comprar, visitar e os grandes acontecimentos da temporada. Numa impressão de excelente qualidade, com textos que realmente instigam nossos interesses, fotos que nos remetem diretamente ao desejo de consumir ou visitar alguma coisa sugerida, tornam o roteiro simplificado e direcionado. Para ficar ainda melhor, vários anunciantes anexam cupons de desconto, promoções e presentes para os portadores do tal “booklet”.

Sei que sou uma pessoa extremamente suspeita para falar sobre Melbourne, porque aqueles que acompanham meu blog conhecem um pouco da minha paixão por esse lugar, mas volto a afirmar: se você puder visitar essa cidade linda e especial no outono, garanto que vai se apaixonar!

Minha coleção de "brochuras"!

Você pode ter acesso às informações do Outono em Melbourne clicando aqui:  Melbourne Victoria Australia.

 

 

A “Palhaçada” Nas Eleições Brasileiras…

Já mencionei aqui num outro post e refaço minha afirmação: se tem uma coisa da qual NÃO SINTO FALTA do Brasil, é a Política! Tenho muito orgulho, sim, de sermos um país “democrático” ( nem tanto, na minha humilde opinião), de termos um sistema de voto de Primeiro Mundo (embora no Primeiro Mundo eles não tenham um sistema como o nosso! Nas últimas eleições aqui na Austrália, levaram dias e dias apurando os votos!), de termos “liberdade” para discutir, conhecer e se aprofundar nas questões políticas e sociais do nosso país. Tudo isso foi conquistado com muita luta, depois de anos de ditadura militar e muito sofrimento do povo brasileiro. Hoje, o Brasil é respeitado politicamente falando em todo o mundo, com a quarta democracia mais forte do planeta!

Mas vamos falar sério??? Fiquei chocada quando vi o resultado para Deputado Federal. Sem nenhuma ofensa pessoal ao Tiririca, mas como um povo que pensa em mudar seu rumo político, mudar sua história, um povo que reclama tanto de seus políticos e suas atitudes, pode tê-lo como Deputado Federal do PR, o  MAIS VOTADO DO BRASIL, com 1.353.000 votos? Sim, mais de um milhão de votos para o Tiririca???

Desanimo com situações como essa! Desanimo de ver um Brasil novo, um Brasil moderno, rumo ao crescimento e desenvolvimento. Um Brasil que muitas vezes dá sinais de amadurecimento, de crescimento invejável, como por exemplo, duas horas depois já termos resultados confiáveis da eleição em vários estados… Mas a manisfestação do povo ao votar no citado “palhaço”, não me faz pensar em revolta contra a corrupção, nem desejo de mudança, nem maturidade para escolher… isso me soa como INFANTILIDADE política, desprezo pela preciosidade e unicidade do VOTO, desvalorização da própria cidadania!

E agora aguardemos pela “palhaçada” posterior, quando os candidatos começam as chamadas “coligações” para o Segundo Turno. Eles se atacam, quase se matam durante o Primeiro Turno, correm atrás das sujeiras passadas e jogam isso no ventilador, tornando os horários eleitorais gratuitos em momentos desagradáveis e, no mínimo, constrangedores, quando, na realidade, deveríamos ter esses momentos para conhecer as idéias e os projetos de cada candidato. Aí, no fim,”arqui-inimigos” dividem palanques, trocam abraços e apertos amigáveis de mãos. H-I-P-O-C-R-I-S-I-A!

Já me decepcionei muito em eleições passadas, quando eu me identificava totalmente (e ideologicamente) com os candidatos que escolhi, e posteriormente eles acabaram se coligando com gente desonesta, com ladrões descarados, gente tipo “que rouba mas faz”, entende? Por isso, não manifesto minha opinião, nem minha preferência para Presidente, porque posso ter uma nova decepção, mesmo não votando, ou estando fora do Brasil nessas eleições. De coração, espero que a pessoa que hipoteticamente receberia meu voto (e minha credibilidade!) não se alie àqueles em quem eu JAMAIS votaria por questões de ética e valores morais. E que Deus nos ajude. Embora tenha gente acreditando “nesta eleição nem mesmo Cristo querendo, me tira essa vitória”, que Ele seja o Árbitro em TODAS AS COISAS…

 

Quem Mudou? O Brasil Ou Eu? Ou Ambos?

Cabe aqui antes de começarmos os casos e as filosofias de botequim, que alguns amigos sempre me avisaram sobre a primeira volta. Muitas pessoas sempre me falavam que eu sentiria tudo mudado: as pessoas, os lugares, alguns relacionamentos, a visão geral de tudo!  Mas hoje, analisando tudo, considero que quem mudou fui eu! As pessoas até continuam iguais, os lugares mais ou menos os mesmos, exceto pelas falências e/ou aberturas de novos estabelecimentos comerciais, a vidinha continua bem parecida…

Claro que senti, sim, o Brasil diferente! Confesso que achei quase TUDO mais caro, roupas, sapatos, comer fora, essas coisas! Como eu estava viajando, tenho uma imagem um pouco diferente de quem mora, de quem vive todo dia fazendo as coisas, enfim, mas como “turista”, estranhei um pouco os preços! Também percebi que a crise que afetou o mundo inteiro ( e ainda afeta alguns países) não foi tão cruel com o Brasil, porque shoppings, restaurantes, lojas, cidades turísticas ( estive em duas!) estavam lotados! Achei que a economia está andando bem… E todo mundo tá empregado, trabalhando, cuidando da sua vida, o que me deixou bem feliz! Minha marca de roupas predileta não é mais a mesma. Achei tudo caríssimo, e feio. Achei o trânsito infernal. Tive a impressão de que todo mundo tem um carro. Não fui à lugar algum, hora alguma, sem enfrentar trânsito, sem ficar parada atrás de uma fila de carros! Progresso? Pode até ser, mas cansa! E a violência? Cada dia pior. Mais e mais notícias chegam de amigos e conhecidos assaltados, lugares que a gente frequentava que foram alvos de sequestradores, ladrões, drogas e tráfico. Muito TRISTE!

Mas, sabem? Sempre respondi às pessoas que me falavam sobre isso, que EU não ia mudar, que MEUS sentimentos não iam mudar, que MINHA visão não ia mudar… E de repente, SURPRESAAAAAAA! A gente muda! Morar num país diferente, com uma cultura diferente, outra língua, outra realidade, é fator de transformação! Meu tempo no Brasil foi como um espelho: pude ME VER, ME SENTIR, ME ANALISAR! E já não sou a mesma!

Pretendo contar algumas das minhas experiências e sensações aqui, em público, então peço que tenham paciência comigo! Meu desejo de dividir vem com o desejo de entender, de elencar, de organizar minhas próprias confusões internas! Ego. Erros. Acertos. Orgulhos. Feridas. Curas. Medos. Sonhos. Novos e velhos. Refeitos e desfeitos! Mas estou satisfeita com tudo que essa viagem está produzindo em mim. Espero que seja bom prá você também. Mas caso não goste, fique à vontade para não ler, ou não concordar! Não sou a dona da verdade! Sou apenas dona de mim mesma. Mais do que nunca.

Copa Do Mundo 2010!

Todo mundo querendo saber o que tenho à dizer sobre o que aconteceu nessa Copa, né? Agradeço os recados de todos que queriam minha opinião. Segue um vídeo, que retirei do Fantástico desse domingo, por Tadeu Schmidt. Falou tudo. Pode não ser exatamente o que eu penso, mas é exatamente o que quero dizer por agora.

 

Um Dia Triste E Histórico Na Austrália…

Infelizmente não deu! Os “Socceroos” (nome carinhoso atribuído aos jogadores de futebol da Seleção Australiana) lutaram muito, como guerreiros, até o fim! Mas não foi suficiente! A Seleção da Austrália está fora do sonho da Copa do Mundo 2010! Que triste!

Confesso que estou mais australianizada do que esperava, porque chorei quando o jogo terminou! Chorei ao ver os jogadores chorando, arrasados com a eliminação, mesmo após uma linda e surpreendente vitória! Chorei ao ver os noticiários, o povo australiano desolado, chorando, mas orgulhosos do time!

Se tem uma coisa que admiro nesse país é essa coisa de admirar, respeitar e honrar seus atletas, de maneira absoluta! Um atleta reconhecido por aqui é sempre um atleta! É sempre motivo de respeito! De honra! Acho isso lindo! Povo de memória! Povo APAIXONADO por esportes! E como consequência, os esportistas têm posição de destaque! Bonito de ver. Bonito de ouvir. De emocionar…

A tristeza e a decepção foram grandes, mas a honra também! A mídia elogiando e parabenizando seus jogadores pelo esforço e trabalho duro! Muito emocionante! Mas fica prá próxima! Em 2014! Certamente, vão fazer de tudo prá crescer no esporte! Eles são assim… Amam o desafio! E levantam o time! Adorei viver esse momento aqui!

Ao mesmo tempo, um dia histórico no país! Temos a primeira mulher no cargo de PRIMEIRO MINISTRO na história da Austrália! Após a renúncia do Primeiro Ministro Kevin Rudd, Julia Gillard assumiu o cargo, marcando a posição feminina na Política Australiana! Que dia emocionante! Acho que gosto desse lugar mais do que tenho imaginado…

SOCCEROOS 2010
Julia Gillard - Our Prime Minister

O Lado Deplorável da Copa Do Mundo!

Estava eu toda feliz e mal podendo me conter hoje com a estréia do BRASIL na Copa do Mundo, quando me deparei com uma notícia horrível ao entrar no Yahoo, prá ler meus emails! Ao ler a manchete, pensei rapidamente: Quer saber???? Não vou ler porque vai mexer comigo e hoje não quero que NADA estrague minha alegria!

Mas como eu ando num momento muito mais grato da minha vida, procurando coisas, situações, pequenos momentos que me tragam profunda gratidão e me façam encontrar mais razão e alegria de viver, pensei que talvez a notícia me fizesse ver como sou abençoada ao poder ver a Copa no meu cantinho, feliz e torcendo pelo meu país! Mero engano! Chorei, muito, ao ler isso, e continuo chorando ao escrever!

Porque no meu país, cheio de corrupção, de problemas, de gente levando vantagem em tudo, de pobreza, de problemas sociais, futebol é sinônimo de alegria, de festa, pro pobre, pro rico, prá todo tipo de brasileiro! No meu país, a vida pára literalmente nos dias de Copa do Mundo e uma galera muito “estraga-prazer” adora ficar falando mal, criticando o brasileiro que se envolve, se emociona, chora, vibra, falta ao trabalho, se reúne em volta da TV em qualquer lugar possível ou imaginável nos 4 cantos da nossa nação!

O recado é prá você, esse tipinho de brasileiro crítico, chato, infeliz, mal amado, amargurado, que não consegue deixar de reclamar, ser rabugento, irritante, nem mesmo numa época como essa… Querido-chato-inconveniente, leia a matéria abaixo e vê se consegue parar de falar mal de nosso país, de nosso povo e DAR MAIS VALOR prá vida que você tem! 

E que cada um de nós, ao assistir aos jogos, possa parar um momento e pedir à Deus que tenha misericórdia de um povo tão sofrido, impedido até mesmo de pequenos prazeres, como o de ver um bom futebol! E que também possamos agradecer por sermos brasileiros; mesmo com toda a sorte de problemas, ainda somos um povo MUITO abençoado! Obrigada Deus, porque “EU SOU BRASILEIRA, COM MUITO ORGULHO, COM MUITO AMOR!”

“EFE – 19 horas atrás

 Mogadíscio, 14 jun (EFE).- A milícia fundamentalista islâmica Al Shabab, que tenta derrubar o Governo Federal de Transição (FTG) da Somália, checa casa por casa nos arredores de Mogadíscio para apanhar as pessoas que assistem pela televisão as partidas da Copa do Mundo apesar da proibição imposta pelo grupo.

Neste fim de semana, eles foram ao distrito de Afgoi, 30 quilômetros a sudoeste da capital somali, e seqüestraram 30 jovens, que foram torturados e tiveram a cabeça raspada, confirmaram hoje à Agência Efe algumas das vítimas.

Em outro ataque, ao norte de Mogadíscio, a milícia atirou em um torcedor que morreu mais tarde no hospital, enquanto outros dez jovens, incluindo três meninas menores de 14 anos, foram sequestrados ontem.

“Estávamos olhando o jogo Alemanha-Austrália quando os milicianos colocaram a porta abaixo, abriram fogo e nos bateram até que alguns de nós perdêssemos os sentidos e depois nos prenderam”, disse Abdi Yare, que foi libertado esta manhã.

No sábado, os insurgentes mataram a tiros dois jovens que viam a partida Argentina-Nigéria e prenderam outros dez, que foram libertados após pagar uma “multa” de US$ 50 cada um.

Os grupos que lutam contra o FGT têm grande parte da Somália sob seu controle, incluindo quase toda Mogadíscio.

Estes grupos extremistas proibiram todo tipo de entretenimento, incluindo a música, o cinema e o futebol, nas áreas sob seu comando, usando como exemplo os Talibã que governaram o Afeganistão até 2001, quando foram depostos por forças internacionais.

Os torcedores somalis que se negam a perder os jogos da primeira Copa do Mundo africana veem as partidas às escondidas nas áreas controladas pelas tropas governamentais, sem garantias, no entanto, de que não serão atacados pelos extremistas.

Outros, mais precavidos, embora não menos fanáticos, optaram por viajar para Hargeysa, na região autônoma da Somalilândia, ou para os vizinhos Djibuti e Quênia, para poder ver as partidas sem correr risco de vida.”

Retirado do Yahoo Notícias – Hoje

O Dia Em Que Me Rendi Ao TWITTER!

Sempre eu dizia: que coisa mais chata esse tal Twitter! Escrever nesse espaço minúsculo, coisas aleatórias, fora de um texto ( ou um contexto, o que é pior!). Mas hoje acabei me rendendo! Eu queria dizer uma coisa besta, dessas que a gente sente como um desafabo, pequena demais prá um post, grande demais prá ficar guardada na mente… Então, fui lá! Tive a ajuda da minha filha fofa e agora sou mais uma entre milhões, escrevendo pequenos sentimentos ( grandes o suficiente para serem compartilhados), repartindo momentos e arrumando mais um lugarzinho para dividir com vocês o que eu penso sobre a vida! Para quem já lê meu blog, mais uma chance de ler as coisas que escrevo! Vejo vocês lá, então! See ya, mate!

www.twitter.com/carolinagarbes